Permissões do WordPress e suas utilidades

Neste post, você vai compreender melhor o que são as permissões do WordPress e suas utilidades, bem como a explicação detalhada de cada uma delas.

As permissões no WordPress servem para definir a função de cada usuário no seu site. É uma forma de organizar melhor seus usuários, mas também um forte mecanismo de segurança, pois ele define vários níveis de acesso. Isto é, quais ações são ou não permitidas para quem está ali. São elas: Administrador, Autor, Editor, Colaborador e Assinante.

Administrador:

O administrador é o usuário principal, que possui todos os privilégios da página. Ele deve ser dado ao responsável técnico, pois é uma função delicada e que se usada de forma equivocada, pode trazer grandes danos e até prejuízos para o seu site. São ações permitidas ao administrador:

  • Criar, editar, postar e excluir conteúdos do site;
  • Criar, alterar e excluir usuários do site (função exclusiva do administrador);
  • Adicionar, ativar, personalizar e desativar/excluir plugins;
  • Adicionar, ativar e editar temas;
  • Acessar 100% das configurações e ferramentas do site.

Autor:

O autor possui permissões bastante restritas dentro do site. Sua função é basicamente a criação de conteúdo e nenhum privilégio a mais. Dessa forma, ele pode:

  • Criar, editar, postar e excluir as suas postagens;
  • Criar, editar e excluir tags do site. (Não se aplica para as categorias).
  • Visualizar comentários, mesmo os em moderação, porém não podem aprovar ou excluir.

Editor:

O editor possui privilégios maiores do que o autor. Dessa forma, podemos dizer que, este usuário é responsável por toda a parte de conteúdo do site. Ele possui permissões para:

  • Criar, editar, postar e excluir qualquer postagem do site;
  • Criar, editar e excluir tags e categorias do site;
  • Visualizar, moderar e excluir comentários.

Colaborador:

O colaborador possui permissões muito limitadas no site. Antes de mais nada, seu nome já demonstra que é uma função mais voltada para o auxílio. Ele pode:

  • Criar e editar seus conteúdos, mas não tem a permissão para publicá-los.
    • Não pode adicionar arquivos, fotos, vídeos e etc.
    • Não pode criar categorias, só usar as existentes.

Assinante:

Por fim, o usuário que não possui nenhuma permissão, a não ser editar seu próprio perfil. A opção de assinante é útil quando você precisa controlar quem tem acesso ao conteúdo, ou seja, só pode ver as postagens se for um usuário do site. Se as necessidades forem outras, este usuário não é indicado.

 

Esperamos que esse post tenha esclarecido suas dúvidas sobre permissões do WordPress e suas utilidades!

Para mais dicas e tutoriais, acesse nossa página de conteúdos.

 

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 5 =

%d blogueiros gostam disto: