Saiba como funcionará o Pix em sua empresa

Disponibilidade, velocidade, conveniência, segurança, ambiente aberto, multiplicidade casos de uso e fluxo de dados com informações agregadas – essas são as principais características do Pix. Com esse post resolvemos reunir o máximo de informações de uma forma resumida e o mais simplificada possível. A seguir, saiba mais como funcionará o Pix na rotina de sua empresa.

Mas, primeiramente, o que é e para que serve o Pix?

O Pix é um meio de pagamento instantâneo lançado pelo Banco Central (Bacen) em fevereiro e que funcionará a partir de novembro. Ele servirá para transferências online e estará disponível 24h por dia, todos os dias – inclusive finais de semanas e feriados. Isto é, ao fazer uma transferência, o valor aparecerá instantaneamente na conta recebedora, sem passar por análise de intermediários.
Segundo o site do Bacen, seu principal objetivo é “aumentar a eficiência e a competitividade do mercado de pagamentos de varejo no Brasil“. Possivelmente, o Pix irá substituir o uso de boletos e de cartões de débito, facilitando o fluxo diário de transações financeiras em sua empresa. E, em alguns casos, barateando-as, principalmente as de baixo valor, visto que seu uso será gratuito a pessoas físicas e empreendedores individuais. Acredita-se, inclusive, que o Pix poderá transformar DOCs e TEDs obsoletos, visto que esses geram cobranças a todos.

Mulher com expressão - no rosto e nos braços - de dúvida. Segurando em uma mão um celular e em outra mão um cartão de crédito.

O Pix em sua empresa

Não tendo restrição de quem o usa, o sistema permitirá transações do consumidor a uma empresa, entre duas empresas ou mesmo entre duas pessoas físicas. A transação ocorrerá pela Rede do Sistema Nacional Financeiro, utilizando-se de autenticação digital para garantir segurança, e necessitará que os envolvidos estejam cadastrados previamente ao sistema, de forma a ter uma identificação individual. Conforme o site do Bacen, essa identificação poderá ser:
  • por meio da utilização de chaves ou apelidos para a identificação da conta transacional, como o número do telefone celular, o CPF, o CNPJ ou um endereço de e-mail;
  • por meio de QR Code (estático ou dinâmico) com padrão BR Code; ou
  • por meio de tecnologias que permitam a troca de informações por aproximação, como a tecnologia near-field communication (NFC).
Em seu site, por exemplo, o cliente poderá escolher o Pix entre as formas de pagamento. Pelo próprio sistema do banco será possível gerar um QR Code. E aqui vemos uma vantagem para a empresa, que não precisará mexer no carrinho de compras de seu site para criar essa automação. Nessa situação, o QR Code gerado será dinâmico – isto é, ele criará um código novo a cada transação. Depois bastará apenas escanear e pagar diretamente pelo celular. Nesse momento, percebemos uma vantagem para o pagador, que não irá precisar digitar todos os dados do recebedor, como hoje fazemos. Outro exemplo é usar o Pix para pagamentos a fornecedores e terceirizados. Nessa outra situação o recebedor poderá mandar um QR Code estático, ao qual será mantido o mesmo código para transações contínuas. No futuro o Pix também aceitará que o pagador crie um QR Code enquanto o recebedor irá escolher os tipos de pagamentos instantâneos que irá aceitar.

Mulher sorrindo e segurando um tablet em uma mercearia. Do tablet saem da tela algumas imagens de produtos da mercearia.

No entanto, como empresa, fique alerta!

Apesar de uma ferramenta muito prática e ágil, você será cobrado quando o cliente fizer uma compra de produto ou serviço via Pix. Por vezes, as próprias instituições financeiras poderão gerar cobranças – e para os dos dois lados, empresa e cliente. Dessa forma, caberá analisar as condições de cada uma antes da contratação. E, somente se for preciso, mexer no seu site para trocar o gateway de pagamento do seu carrinho de compras. Para finalizar, ainda será publicada pelo Bacen a regulamentação para transações que incluem pessoas jurídicas, então vale ficarmos atentos aos próximos capítulos!

Quer conhecer mais os nossos serviços? Clique aqui.
Que falar diretamente com nossa equipe? Clique aqui para chamar no Whats


Você também pode gostar de saber sobre:

Qual a melhor estratégia para anunciar no Google?

Quer aumentar suas vendas?

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + quinze =

%d blogueiros gostam disto: